Nunca mais sorriu...

21:08



“Veio a adolescência. A intima cruzada da sua alma dispersa, o sangue insuportável, possuíam-no.
(…)
E era como um coro, rouco gregoriano, esse cavalgar perdido no deserto, esse amalgamar de cruéis erros de cálculo, de posses repetidas pela insónia.
( …)
E depois disso, diz-se, nunca mais sorriu.”


Carolina C.

You Might Also Like

0 Storms

Mensagens populares