Merecem mais do que isto

21:55

Mas não sei se estou pronta para o fazer.
Já não sei mais o que sinto em relação a este cantinho que foi o meu refúgio durante três anos. Não é tanto assim neste momento.
Quero puder escrever sem sentir que vou magoar alguém ou sem ter que filtrar o que digo. Não gosto de meias-verdades, de meios-sentimentos e, ultimamente, pareço que é só para o que vivo. 
Devido a tudo o que têm acontecido, já não sinto vontade de aqui vir, não sinto que tenha a privacidade para puder partilhar o que sinto ou penso.
Aconteceu muita coisa este verão. Mudei muito, eu sei e não imaginam o quanto eu gostava de puder contar tudo e finalmente ter uma versão verdadeira de tudo por aí. Mudei muito, mas não sou assim. Não sou pessoa de o andar aí espalhar só para tentar magoar.
Talvez essa história venha um dia mas não agora. Já não me sinto segura aqui e espero que percebam o quanto isto me entristece.
Quero que saibam também que isto não é um ponto final, é mais uma vírgula como tantas que já aqui pûs.
Espero que me perdoem. Espero que voltem. Espero que eu consiga voltar.
Obrigada pelos tudo's e pelos nada's. Obrigada por me darem um sítio onde pude ser eu própria e onde pude muitas vezes fugir da realidade e outras tantas, encará-la.
Obrigada. É tudo.
Até já.


Carolina C. (sempre vossa)

You Might Also Like

0 Storms

Mensagens populares