06:58

06:58


Mais uma vez, o cheiro a tabaco entranhado nas roupas, as frases de conversas perdidas, o sabor da vodka.
As madrugadas sentem-se cada vez mais.
Flutuam à minha volta, como a vodka, coisas ditas já sem sentido, algumas dúvidas ou novas certezas.
Filosofias das cinco da manhã, filosofias com cheiro a tabaco, com certeza.
Revejo as tuas palavras.
As confissões.
Os suspiros apaixonados.
Os concelhos e avisos mal-humorados.
Revejo nesta 
noite tudo o que me tem atormentado e analiso com cuidado cada gesto.
Penso em ti e no quanto me 
afectas.
No quanto o álcool o faz também.
Não devia ser assim.
Mas que posso eu fazer?
Só posso dormir.
Mas não consigo.
Adoro o cheiro a tabaco entranhado nas roupas.

Carolina C.

You Might Also Like

0 Storms

Mensagens populares