Ser I

17:23



Quero que saibas que sou como sou e nada podes fazer.
Sou como sou pelo tudo e pelo nada que me assombra.
Sou pelas manhãs de ansiedade e insanidade.
Sou como sou pois que me foi cortada a vontade de ser desde cedo e, sem razão nenhuma, quis ser tudo o que me era impossível. Perdi tantas vezes a vontade viver que esta se penetrou violentamente nas partes de mim que já não querem existir.
Sou pelas noites de insónia e os livros que as acompanham.
Sou como sou pois este transtorno provocado por esta minha resiliência me deu uma urgência incógnita que não sei se quero descobrir.
Sou pelas canecas de chá que ficam por beber e as histórias que ficam esquecidas na gaveta.
Sou como sou porque nenhum átomo em mim é igual a outro. Por causa desta inconsistência que me é constante e, assim, cresci em divergência para com tudo.
Sou por ti. Sou pela teimosia que infiltraste em mim e pelo sorriso que me tatuaste no rosto.
Sou como sou porque o teu abraço me faz faltar o ar e o chão, e os teus beijos me sussurram promessas eternas ao ouvido.
Sou por te amar como amo e nunca te querer perder.
Sou como sou. E não há nada que possas fazer.

Carolina C.

You Might Also Like

0 Storms

Mensagens populares